quarta-feira, 9 de abril de 2014

MELHORES MOMENTOS DA GREVE

 O Sindicato dos Servidores Públicos de Luís Eduardo Magalhães SINSERPLEM, vem agradecer a todos pela mobilização dos servidores em prol da defesa dos direitos dos servidores e do seu representante legal: o Sindicato.

Vimos aflorar sentimentos a tempos guardado no peito, com tudo isso nos tornamos gigantes. Provamos para todos que a união faz toda diferença. Não conseguimos tudo que almejamos, pois as vezes se recua um passo para avançarmos dois. As principais conquistas serão para sempre lembradas: RESPEITO AO SINDICATO, REFORMULAÇÃO DO PLANO DE CARREIRA E AUXILIO TRANSPORTE. O plano de carreira permitirá ao servidor progredir por mais anos, receber maiores bonificações pelos cursos de aperfeiçoamento e especializações.

A luta é contínua e duradoura. Parabéns a todos os guerreiros e guerreias que entraram para história do movimento sindical de Luís Eduardo Magalhães-BA. Foi lindo demais todos os atos, sorrisos, os aplausos e cada palavra de incentivo.

Um grande abraço a todos e que esse espírito de luta e união permaneça sempre entre nos.



                           JUNTOS SOMOS MAIS FORTES.



SINSERPLEM






EDITAL Nº 06/2014 - SUSPENSÃO TEMPORÁRIA DA GREVE


segunda-feira, 24 de março de 2014

SINDICATO QUER AUMENTO SALARIAL DE 20,91% PARA SERVIDORES DA PREFEITURA


Em 19 de março foi votada pela maioria em assembléia geral ordinária a pauta de reivindicações de servidores da prefeitura.  O Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Luís Eduardo Magalhães começará a negociar um reajuste de 20,91% nos salários dos funcionários concursados da prefeitura. O pedido inicial é por aumento real de 15% nos vencimentos, com a reposição 5,91% da inflação, baseada no Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC). A data-base dos servidores já acontece em abril.  

São anseios dos servidores públicos esse aumento real de 15%, uma vez que nunca houve um ganho real nesse sentido, ocorreu apenas a reposição da inflação que gerou uma defasagem salarial de servidores em comparação aos de municípios da região. 

Além da reposição de 5,91% da inflação e ganho de 15% em salários, os servidores públicos querem auxilio transporte, auxilio alimentação, plano de cargos e salários, estatuto da guarda municipal, adicional de insalubridade para os servidores que tem direito e não recebem e os que recebem o valor em desacordo com a Lei 101/2002 e  pagamento da produtividade para os cargos de Analistas Ambientais e Biólogos da Secretaria Municipal de Meio Ambiente.

veja mais imagens da assembléia geral ordinária: